70% dos presos no Brasil não concluíram o ensino fundamental

Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça, dos mais de 700 mil presos no país, 8% são analfabetos, 70% não chegaram a concluir o ensino fundamental e 92% não concluíram o ensino médio.

Mesmo com um nível de escolaridade baixo, apenas 13% dos presos têm acesso à educação nos presídios.
No plano internacional, o documento “Regras mínimas para o tratamento de reclusos”, aprovado pelo Conselho Econômico e Social da ONU, em 1957, prevê o acesso à educação de pessoas encarceradas.

Mas as coisas podem piorar ainda mais no Brasil. O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária do Ministério da Justiça e Segurança Pública alterou semana passada a resolução nº 9, 09 de novembro de 2011,que estabelecia regras para a elaboração de projetos, construção, reforma e ampliação de unidades penais no Brasil. Com a mudança, não será mais exigido que novos presídios sejam construídos com espaços para salas de aula, local de trabalho e tratamento de saúde proporcional ao número de presos de cada unidade.

Janelas maiores para ventilação em estados mais quentes também deixam de ser obrigatórias.

via Observatório do 3º Setor

www.pdf24.org    Send article as PDF   

valberluciop

Graduando em Ciências Contábeis , produtor e gestor Cultural

Diga o que achou, opine !

%d blogueiros gostam disto: