Assembleia da Juventude na ONU recebe inscrições para sua 21ª edição

Estão abertas as inscrições para a 21º Assembleia da Juventude, que acontece de 14 a 17 de fevereiro na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque.

Durante uma semana, o evento organiza workshops, palestras e painéis de debates, permitindo que jovens do mundo todo apresentem projetos para a construção de um futuro inclusivo e sustentável.

O prazo de inscrição encerra-se em 29 de dezembro.

A 20ª edição da Youth Assembly teve a participação de 28 brasileiros. Foto: Acervo Pessoal

Quando a estudante de Relações Internacionais paulistana Susana Sakamoto, de 19 anos, foi a Nova Iorque como uma das quatro representantes do Brasil na penúltima edição da Assembleia da Juventude (Youth Assembly), realizada em fevereiro deste ano na sede da ONU, ficou incomodada com o pequeno número de brasileiros frente aos mais de 1 mil participantes.

“Coloquei como meta pessoal levar mais brasileiros para essa conferência, porque vi seu potencial de permitir que os jovens tivessem um contato com problemas em escala global, além de conhecer as soluções que estão sendo propostas em diferentes partes do mundo”, disse Susana.

Desde que foi escolhida embaixadora da Assembleia, ela conseguiu levar 28 jovens na 20ª edição do evento, em agosto. A meta agora é aumentar ainda mais esse número. Como a participação na conferência — bem como os gastos de passagens, estadia, transporte e alimentação — é inteiramente paga pelos próprios delegados, a estudante busca apoio de instituições que possam atuar como parceiras apoiando financeiramente a ida dos jovens.

“Não quero que a condição financeira impeça jovens de ter uma oportunidade como esse evento, que pode transformar suas vidas e suas visões de mundo”, frisou.

Susana explicou que, apesar de ter o nome Assembleia da Juventude, não há restrição de idade e não é preciso ser estudante para participar. Isso porque o evento engloba diversos setores da sociedade com o objetivo de trocar experiências e enriquecer o debate.

“As atividades que compõem o evento reúnem o setor público e privado, o terceiro setor e organizações internacionais para discutir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) e como eles podem ser aplicados à situação de diversos locais do mundo. Além disso, são debatidos temas muito atuais como a crise de refugiados, o processo de mudança climática e o impacto da tecnologia nas nossas vidas.”

Para a inscrição, a embaixadora dá uma dica: os avaliadores procuram identificar a vontade dos jovens de afetar positivamente a sua comunidade. “Eles buscam jovens com iniciativas, que pensem além do bem para si mesmo, pensem nos outros. Jovens que tenham uma posição crítica, se engajem em movimentos sociais ou tenham iniciativas pessoais que proponham soluções para suas comunidades. Mesmo que seja no bairro. O importante é ter vontade de impactar.”

Mesmo para aqueles que não têm projetos estruturados, a Assembleia é uma boa oportunidade de despertar novas ideias e construir iniciativas com pessoas de diferentes lugares. “A conferência desperta nos jovens essa urgência de tomar uma decisão ativa em sua comunidade”, declarou Susana.

Nesse sentido, acontecerá novamente durante a conferência o concurso de empreendedorismo social organizado pela ONG norte-americana The Resolution Project, que busca identificar jovens líderes que queiram afetar positivamente o seu país.

Na edição passada, Susana foi contemplada com o prêmio por desenvolver o projeto de empreendedorismo social Write Your Future (Escreva Seu Futuro, em tradução livre). Trata-se de uma iniciativa que ajuda jovens a desenvolver as habilidades necessárias para a escolha profissional. Ela é a única brasileira a ter vencido o prêmio até hoje.

“Gostaria que mais brasileiros entrassem para o mapa do The Resolution Project. Muitos jovens têm ideias brilhantes, mas precisam de apoio para colocá-las em prática. O prêmio oferece mentoria e financiamento inicial para que eles possam dar continuidade aos projeto”, afirmou.

“Nós, jovens, queremos sonhar muito grande, mas precisamos lembrar que temos que começar do pequeno. Por isso, a conferência incentiva ideias que tenham impactos positivos (…). O que a assembleia busca passar é que existem pessoas que estão lutando pelas mesmas causas que você, então, é possível trabalharmos juntos”, disse.

Para receber informações sobre a inscrição, além de tirar dúvidas sobre documentação e formas de financiamento, os candidatos devem enviar e-mail para inscricaoya@gmail.com.

Quanto antes os pedidos forem feitos, mais tempo o candidato terá para trabalhar em sua aplicação, já que as inscrições se encerram em 29 de dezembro.

A iniciativa é da Friendship Ambassadors Foundation, organização não governamental associada ao Departamento de Informação Pública da ONU e que possui status consultivo com o Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Saiba tudo sobre o evento e a seleção em www.youthassembly.nyc.

Fonte: Onu Brasil

www.pdf24.org    Send article as PDF   

valberluciop

Graduando em Ciências Contábeis , produtor e gestor Cultural

Diga o que achou, opine !

%d blogueiros gostam disto: