Assédio nas redes sociais cresceu 26.000%, aponta Instituto Avon

Partcipe, comente e compartilhe! As pessoas que mais postam comentários de ódio são homens brancos, jovens, das classes sociais A e B O debate sobre as violências contra as mulheres se intensificou muito no ambiente digital entre 2015 e 2017. Somente no ano passado, ele foi o 26° assunto mais discutido nas redes sociais, segundo mostra o relatório “A Voz das Redes: O que elas podem fazer pelo enfrentamento das violências contra as mulheres”, divulgado pelo Instituto Avon no dia 8 de março. O documento também mostrou que as menções relacionadas…

LEIA MAIS

Uma em cada 100 mulheres recorreu à Justiça por violência doméstica em 2017

Partcipe, comente e compartilhe! Um estudo do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revelou que, ao final do ano passado, uma em cada cem mulheres brasileiras abriu uma ação judicial por violência doméstica. No levantamento, divulgado hoje (12) e elaborado pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias da instituição, constatou-se que 1.273.398 processos dessa natureza tramitavam na justiça dos estados. Desse total, 388.263 eram casos novos. Em relação a 2016, o número apresentado foi 16% maior. Apenas 5% dos processos de agressão doméstica em tramitação tiveram algum tipo de andamento no ano passado.…

LEIA MAIS

Mundo gerou 44,7 milhões de toneladas de lixo eletrônico em um ano (Dado da Universidade das Nações Unidas é referente a 2016)

Partcipe, comente e compartilhe! A indústria de eletrônicos é uma das que mais crescem no mundo. Celulares, computadores e televisões são lançados o tempo todo. Com isso, o descarte de produtos do gênero é feito num espaço muito curto de tempo. Só em 2016, foram gerados no mundo 44,7 milhões de toneladas de lixo eletrônico, um recorde, de acordo com um estudo da Universidade das Nações Unidas (UNU) e da União Internacional de Telecomunicações. Até 2021, o estudo prevê que esse número aumente para 52,2 milhões de toneladas por ano. O documento também…

LEIA MAIS

Instituto oferece R$ 100 mil para projeto que combata fake news(Propostas devem ser enviadas até o dia 15 de março)

Partcipe, comente e compartilhe! Em parceria com o site Catraca Livre, o Instituto SEB de Educação oferecerá R$ 100 mil para quem criar uma ferramenta digital que combata as fake news. A ferramenta criada ficará disponível para uso gratuito de qualquer veículo de comunicação. No caso da propriedade intelectual, o inventor continuará com os direitos da mesma. A iniciativa tem como foco as eleições deste ano, para que a identificação de mentiras nas redes sociais seja feita com rapidez. A escolha do projeto será realizada por um júri de comunicadores,…

LEIA MAIS

Ministério divulga lista suja do trabalho escravo

Partcipe, comente e compartilhe! O Ministério do Trabalho divulgou o cadastro de empregadores que tenham submetido trabalhadores a condições análogas às de escravo, conhecida como “lista suja”. A publicação tem informações sobre 131 empregadores autuados em fiscalizações e detalha dados como o número de trabalhadores flagrados nas condições irregulares, endereço do estabelecimento e a data em que ocorrência foi registrada. A lista tem informações desde 2010. O cadastro foi divulgado após transitada em julgado na Justiça do Trabalho do Distrito Federal ação protocolada em 2016 pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em…

LEIA MAIS

Fotógrafos internacionais se reúnem nas redes sociais em alerta sobre a extinção em massa dos animais

Partcipe, comente e compartilhe! Sempre quando pensamos em fotografia, nos vêm à mente imagens lindas, de lugares paradisíacos ou de pessoas que emanam alegria. Mas além de registrar o belo, fotojornalistas e a fotógrafos de natureza também carregam a responsabilidade de usar suas câmeras para mostrar o que muitos de nós não gostaríamos de ver. É através desses registros que situações que acontecem, muitas vezes, longe de nós, chegam ao nosso conhecimento: a fome que tira a vida de crianças em países pobres, famílias destroçadas em zonas de conflito e a…

LEIA MAIS

ONGs chamam atenção para violência contra crianças no Brasil

Partcipe, comente e compartilhe! Carta entregue a organizações do Poder Público pede contribuição para solucionar o problema Por Caio Lencioni A Childhood Brasil, a Fundação Abrinq, a Visão Mundial e diversas outras ONGs voltadas para a defesa dos direitos de crianças e adolescentes entregaram uma carta em forma de manifesto para o Ministério dos Direitos Humanos e a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. A carta, que foi entregue no dia 31 de janeiro, pede que o governo federal faça parte da ‘Parceria Global pelo Fim da…

LEIA MAIS

Brasil foi o primeiro país condenado por escravidão moderna

Partcipe, comente e compartilhe! A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), uma instituição judicial autônoma da Organização dos Estados Americanos (OEA), condenou, em outubro de 2016, o Estado brasileiro por tolerar a escravidão em suas formas modernas, responsabilizando internacionalmente o Brasil por não prevenir a prática de trabalho escravo moderno e de tráfico de pessoas. O Brasil foi o primeiro país condenado pela OEA por esse motivo. O país foi considerado um violador das garantias trabalhistas de 85 trabalhadores que precisaram ser resgatados de uma fazenda no estado do Pará, no ano de 2000.…

LEIA MAIS

FUNDOS DA ONU SOBRE COMBATE À ESCRAVIDÃO E À TORTURA RECEBEM PROJETOS ATÉ 01/03/2018

Partcipe, comente e compartilhe! O Secretariado das Nações Unidas está recebendo candidaturas para o Fundo de Combate às Formas Contemporâneas de Escravidão e para o Fundo para as Vítimas de Tortura. O financiamento será oferecido apenas para organizações que oferecem assistência direta aos atingidos, seja assistência médica, legal, psicológica, social, humanitária ou educacional. Para saber mais sobre o fundo para vítimas de tortura, acesse: http://bit.ly/2rBVLBP, e sobre o fundo para vítimas de escravidão: http://bit.ly/2nadITj. Fonte: ONU BR  

LEIA MAIS

47 mil crianças e adolescentes vivem em abrigos no Brasil

Partcipe, comente e compartilhe! Muitas dessas crianças são vítimas de maus tratos e da falta de estrutura familiar Por Caio Lencioni Em todo o Brasil, 47 mil crianças e adolescentes vivem em abrigos, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Deste total, 13.418 estão no estado de São Paulo; 4.968, em Minas; e 4.866, no Rio Grande do Sul. Outro dado que chama a atenção é que somente 8.420 crianças e adolescentes estão no Cadastro Nacional de Adoção (CNA). Ou seja, apenas 17,8% do total estão legalmente aptos a encontrar uma nova…

LEIA MAIS